Treinamento forma turma para Brigada de Incêndio 2021 no Grupo Capema

Vinicios Araújo

18/01/2021

Participaram do curso, realizado em parceria com a BK Treinamentos, 20 colaboradores das empresas DouraGlass, Glassbox e DG Logística.

Seguindo recomendação da Norma Regulamentadora 23, colaboradores do Grupo Capema, sob a coordenação do Técnico de Segurança do Trabalho Edgar Manvailler, participaram de treinamento para formação da Brigada de Incêndio 2021 na indústria DouraGlass e Glassbox. O curso capacitatório aconteceu durante todo o dia na última sexta-feira (15/01).

De acordo com Edgar, a medida é necessária e obrigatória para a garantia da segurança humana e patrimonial das empresas ligadas ao grupo.

“A brigada de incêndio é muito importante para a empresa porque através dela nós capacitamos uma equipe de colaboradores para que eles possam, em momentos de ocorrência, oferecer aos colegas a ajuda e o apoio necessário para preservação da vida e do patrimônio”, explica.

A NR 23 prevê a qualificação desses profissionais para uso de equipamentos e instrução em práticas de socorro. O Grupo Capema reconhece a essencialidade desta norma e assim aplica investimentos em cursos reconhecidos pela precisão e qualidade. Para Edgar, isso ressalta o papel social da empresa na vida dos colaboradores, somado a outras políticas de valorização.

Jéssica Daniela da Silva Pigari, 26 anos, projetista da Glassbox, foi uma das participantes. Ela se diz muito gratificada pela oportunidade e garante se sentir habilitada para oferecer aos colegas a ajuda imediata necessária em casos de princípio de incêndio ou ocorrências mais críticas.

“O curso é muito bem ministrado. Acredito que o investimento é mais que necessário. Pra mim toda pessoa deveria ter treinamento de primeiros socorros para que possamos conhecer o próprio corpo, saber como resolver problemas como princípios de incêndio ou acidentes. Isso com certeza torna a empresa mais segura, já que a gente consegue oferecer um atendimento primário a alguém que vier se acidentar ou passar um mal estar. Isso nos torna independentes de um socorro externo, já que nem sempre há disponibilidade de ambulâncias ou equipes disponíveis no serviço público”, afirmou.

Para o auxiliar administrativo Carlos Daniel de Oliveira Santos, 20, o investimento foi altamente relevante uma vez que o curso ofereceu subsídios para saber como reagir em situações de risco. “Sem conhecimento do que fazer, muitas vezes ao tentar ajudar a gente pode acabar atrapalhando ou piorando o estado da pessoa necessitada de socorro. Hoje a minha noção de como me portar num momento de crise é muito diferente e o curso, especialmente pela parte prática, mostrou como fazer de forma segura e eficiente”, afirmou.

Karen Letícia dos Santos Sanches, 19, é almoxarife na DouraGlass e acredita que o curso de formação de brigadistas oferecido pelo Grupo Capema será levado para além das portas da empresa. Ela celebrou a participação contando ter ficado satisfeita com a qualidade do conteúdo e a possibilidade de aplicar os conhecimentos teóricos nas simulações realizadas.

“Com toda certeza esse aprendizado servirá pra mim muito além da empresa. Hoje eu sei que posso ser útil na ajuda de pessoas em casos de incêndio tanto aqui quanto lá fora. Esse atendimento primário pode salvar uma vida e eu fico feliz de ver que a empresa onde trabalho investe nesse tipo de capacitação. Isso demonstra que a vida dos colaboradores realmente são importantes”, afirmou.

Ao todo participaram do curso, realizado em parceria com a BK Treinamentos, 20 colaboradores das empresas DouraGlass, Glassbox e DG Logística.